Criar uma força de trabalho saudável traz uma série de benefícios para as empresas, incluindo o aumento da produtividade, a redução de faltas por doença e o aumento de ânimo e confiança – todos esses são fatores que contribuem para obtenção de lucros mais saudáveis.

Pesquisas confirmam que colaboradores saudáveis podem ser até três vezes mais produtivos que seus colegas menos saudáveis. E colaboradores que se exercitam regularmente, pelo menos 30 minutos, três vezes por semana, são 15% mais propensos a ter um melhor desempenho no trabalho.

Além disso, o absenteísmo foi 27% mais baixo para os trabalhadores que comiam de forma saudável e se exercitavam regularmente.

Não é de se admirar que os empregadores estejam se dando conta da conexão entre a saúde de sua equipe e a saúde financeira de seu negócio. Cada vez mais, os líderes empresariais estão colocando o bem-estar de seus colaboradores como prioridade.

Então, vamos ver algumas maneiras de deixarmos a nossa equipe “pronta para o jogo” e dando o melhor de si.

 

1. Participação da liderança

Lidere pelo exemplo. Você verá mais engajamento nas iniciativas de saúde se isso vier do topo. Quando os líderes são vistos participando ativamente, isso serve como um incentivo para os demais colaboradores. Além do mais, ter uma força de trabalho saudável é um indicador de uma empresa bem administrada.

2. Pausas Fitness

Pode ser difícil para os líderes empresariais perceberem o benefício de permitir “pausas fitness” no trabalho, mas permitir que a equipe faça uma pausa para ir à academia ou fazer uma corrida faz todo o sentido.

Uma empresa nos EUA adotou o sistema de “pausas fitness” e relatou um quadro de funcionários mais saudável e produtivo, com mais ânimo e confiança.

Funcionários da empresa foram autorizados a reservar uma hora de trabalho para se exercitarem durante o dia, desde que não entrasse em conflito com reuniões. Eles puderam compensar o tempo almoçando em suas mesas ou ficando até mais tarde.

O resultado foi o surgimento de uma cultura fitness dentro da empresa. O negócio cresceu rapidamente de uma humilde start-up para uma empresa de tecnologia com um time de 700 colaboradores – composto por atletas de elite como ultramaratonistas, triatletas, caminhantes comprometidos e, até mesmo, personal trainers.

Há relatos suficientes para mostrar que os clientes respondem melhor a colaboradores saudáveis e com mais disposição – afinal, como consumidores, todos nós preferimos que nossa ligação seja atendida ou nossa dúvida respondida por um funcionário bem disposto e motivado.

Quando cuidamos de nossa equipe, eles se tornam mais propensos a apresentar uma imagem pública positiva para o negócio.

3. Estabelecer uma cultura de saúde

Uma das principais maneiras de melhorar a saúde de sua equipe é incorporar o bem-estar à cultura da empresa. Isto é feito mais facilmente quando é atrelado aos objetivos de um negócio – e a administração apoiará mais quando puder perceber benefícios reais, tais como o aumento da produtividade.

Você pode conseguir isso por meio da incorporação da saúde na prática empresarial, das políticas da empresa às atividades diárias de trabalho. Por exemplo, oferecendo aos funcionários horários de trabalho flexíveis, medindo seus níveis de aptidão física, definindo metas realistas e permitindo-lhes contribuir na tomada de decisões.

Pense em fornecer opções de alimentos mais saudáveis também. Lembre-se que uma força de trabalho saudável não é apenas uma questão de aptidão física, é uma abordagem holística visando garantir que eles estejam bem tanto mentalmente quanto fisicamente.

Ao criar um espaço de trabalho saudável, você pode apoiar os colaboradores na realização de mudanças de estilo de vida que beneficiarão tanto o negócio quanto eles mesmos no longo prazo.

4. Iniciativas de bem-estar

Um relatório do Departamento de Trabalho e Pensões dos Estados Unidos (DWP) mostrou que ao implementar programas de bem-estar as empresas obtiveram vários benefícios:

  • Ausência por doença reduzida em 45%
  • Índice de turnover decresceu 18%
  • Acidentes e lesões diminuíram 16%
  • A satisfação dos funcionários aumentou em até 14%

Quando as iniciativas de aprimoramento físico e bem-estar são introduzidas em um negócio, isso pode ser extremamente vantajoso para seu sucesso, e os benefícios a longo prazo acabam cobrindo o gasto inicial.

No estudo DWP, as empresas que implementaram programas de saúde e bem-estar relataram um retorno sobre o investimento. Em um exemplo, uma empresa de manufatura que fez melhorias ergonômicas registrou uma relação custo 4: 1. Em outras palavras, para cada R$ 1 gasto, ela recuperou R$ 4.17 em benefícios do programa.

5. Comunicação

É essencial comunicar a disponibilidade dos programas de aprimoramento físico e de saúde e destacar seus benefícios. Quanto mais você se comunicar com os colaboradores, mais eles se engajarão.

Faz todo o sentido que a saúde dos funcionários esteja na pauta corporativa, uma vez que eles passam a maior parte de suas vidas no trabalho. Com benefícios que incluem melhor prestação de serviços, melhores resultados para os funcionários individualmente e custos de doença reduzidos, tornar a saúde de sua força de trabalho uma prioridade faz com que todas as partes envolvidas saiam ganhando.

Maneiras de criar uma força de trabalho mais saudável: a equipe de funcionários responderá quando você liderar pelo exemplo. Ofereça-lhes um benefício de atividade física e veja como você pode ajudá-los a se tornarem mais produtivos.

Veja também:

eBook Fatos e dados sobre sedentarismo nas empresas

(Visited 215 times, 1 visits today)

Comments

comments

This post is also available in: Deutschland España France Italia United Kingdom United States