A crise COVID-19 tem gerado muitos desafios para pais que trabalham de casa. Não apenas eles precisam se manter no ritmo corporativo em meio a todo este cenário, como também precisam conciliar seus empregos com a rotina familiar, as responsabilidades domésticas, a educação escolar de casa, e além disso, devem cuidar de suas saúdes mentais. 

Para ajudar seus colaboradores a passarem por este período até que a situação normalize, confira algumas iniciativas que você pode considerar:

Ofereça mais flexibilidade de horários  

Pais necessitam de mais flexibilidade para que possam lidar com circunstâncias urgentes em casa e que tendem a interferir na rotina de trabalho. Se um funcionário está atrasado para uma reunião porque precisava alimentar seus filhos, por exemplo, não o penalize por isso ou aponte para o seu atraso. Principalmente agora, é importante que seja mais compreensível. 

Quando possível, é recomendado também incentivar os funcionários a compensarem seus horários em blocos de horas. Este tipo de compensação pode preveni-los de executar várias tarefas ao mesmo tempo – o que a longo prazo gera perda de tempo e energia. Alguns estudos mostram que em média uma pessoa demora 25 minutos para retornar a uma tarefa depois de interrompida e a qualidade do resultado final também é afetada, por exemplo.  

Permitir que seus colaboradores estruturem sua própria grade horário reforça uma cultura corporativa saudável e aumenta o engajamento laboral. 

Promova momentos de desconexão 

Profissionais da saúde, especialmente os voltados para a saúde mental, tem alertado sobre os efeitos da pandemia no emocional das pessoas: síndrome de estresse pós-traumático, depressão e ansiedade. A tendência é que o aparecimento desses distúrbios apenas aumente com a extensão do confinamento e isolamento social.

É essencial que líderes de organizações apoiem sua força de trabalho através de medidas empáticas. Encoraje os trabalhadores a socializarem de casa com um Happy Hour virtual ou um coffee break. Organize uma atividade física em equipe – pode ser uma aula online de HIIT ou de yoga. Um estudo da American Psychological Association mostra que exercícios podem contribuir para a resiliência emocional, controlar o estresse, melhorar o humor e funcionamento cognitivo além de contribuir para o aumento de produtividade. Para que os pais da empresa possam participar, permita que seus filhos ou outros membros da família também se juntem aos eventos promovidos pela empresa. 

Converse com a equipe (sempre!)  

Marque reuniões regulares, pelo menos uma vez a semana, para conversar com sua equipe e entender como estão. Pergunte-os se tem tido dificuldade em equilibrar as responsabilidades e se há algo que possa fazer para ajudá-los. É importante demonstrar sua sensibilidade diante dos diferentes casos que possam surgir e se colocar à disposição para encontrar uma solução em conjunto que os ajude a manter seu empenho na medida do possível, dada a situação.  

Por não ser um assunto comum de se discutir com gestores, é de sua responsabilidade dar abertura para que funcionários exponham suas limitações. Manter uma conversa direta e sincera favorecerá as chances de encontrarem uma resolução juntos. 

Considere os seguintes pontos quando estiver em uma reunião individual com os membros de sua equipe:  

  • Quais dias e horas da semana que eles podem trabalhar, entendendo que isto pode mudar. 
  • Priorizar tarefas numa escala de 1-3 para que a equipe entenda quais projetos são essenciais e quais podem esperar. 
  • Entender como pode entrar em contato com o funcionário caso alguma demanda urgente surja e precise de uma resposta imediata.

Reconheça a necessidade de pedidos de afastamento 

Podem haver casos inevitáveis em que pessoas devem se afastar do emprego para cuidarem de suas famílias. Se isto acontecer, tente absorver seus pedidos da melhor forma possível – considere exceções ao pedirem um afastamento, por exemplo.  

Caso mude as políticas de presença, notifique todos os empregados por escrito para que entendam quais são suas opções disponíveis e por quanto tempo essas mudanças estarão em vigor.  

(Visited 190 times, 1 visits today)

Comments

comments