A obesidade é um dos principais problemas de saúde pública no mundo e suas consequências fazem com que os custos relacionados à saúde nas empresas cresçam.

Cerca de 2,1 bilhões de pessoas no mundo sofrem de sobrepeso (30% da população mundial) e este número tende a aumentar. Um estudo realizado pela consultoria McKinsey estima que o excesso de peso atingirá 50% dos habitantes do planeta em 2030.

Um outro estudo realizado por especialistas da Clínica Mayo e pelas universidades Cornell e Duke, dos EUA, analisou o impacto do excesso de peso nas empresas no país. Segundo a análise, as faltas ao trabalho decorrentes da obesidade aumentam os gastos das empresas em cerca de 6 bilhões de dólares anuais.

Além do aumento dos custos com saúde, a obesidade gera queda da produtividade e aumento do índice de faltas ao trabalho.

Neste contexto, as companhias estão cada vez mais se perguntando como podem combater a obesidade entre os seus funcionários.Uma pesquisa da Mercer Marsh Benefícios revelou que 95% de 58 grandes empresas estão preocupadas com despesas relativas à saúde dos seus colaboradores.

A pesquisa apontou ainda que as organizações sabem que iniciativas de cuidado com a saúde podem melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e reduzir custos: 79% delas acompanham o nível de participação dos funcionários em programas de saúde e bem-estar.

É comprovado, inclusive, que empresas podem conter despesas ao oferecer um benefício de atividade física, já que o crescimento do sobrepeso e da obesidade se deve ao sedentarismo e a má alimentação.

Um caso real provou que funcionários mais ativos fisicamente utilizam menos o plano de saúde concedido pelo empregador. Para saber mais, clique aqui e veja como a atividade física ajudou uma colaboradora a emagrecer e desistir de cirúrgia bariátrica.

No infográfico a seguir, conheça quatro formas de combater a obesidade na sua empresa.

obesidade

 

(Visited 1.134 times, 1 visits today)

Comments

comments