Criar uma rede de defensores do bem-estar para auxiliar ativamente o programa de bem-estar da sua empresa pode ser fundamental para seu sucesso. Estes defensores mantêm os funcionários engajados, motivados e trabalhando por uma saúde melhor. Porém, o que fazer para motivar e engajar os defensores?

Claro que os defensores têm um amor natural pelo bem-estar. Mas como todas as outras pessoas, eles têm agendas lotadas e o compromisso deles com o bem-estar toma um tempo precioso dos seus dias já bem ocupados. É preciso ter uma atenção especial e positiva para mantê-los com energia, entusiasmo e determinação. Deste modo, eles podem repassar a mensagem para o resto da equipe.

Veja as cinco principais maneiras para motivar os membros da sua rede de defensores do bem-estar de forma eficaz:

1. Pegue leve

Desempenhar a função de defensor do bem-estar é uma responsabilidade, pois trabalha-se mais do que o normal, mas o funcionário não deve se sentir assim. O tempo investido deve ser de apenas poucas horas, se possível. Uma pesquisa demonstrou que um defensor contribui com uma média de 12 horas por mês realizando atividades de bem-estar. Além disso, é importante manter a atmosfera leve e otimista. Estabelecer conversas contínuas, regulares e bidirecionais é essencial para o sucesso do programa e para motivar os participantes.

Para isso, otimize o tempo preparando a pauta com antecedência. Lembre-se de permitir a todos um tempo para:

  • Compartilhar as iniciativas locais
  • Comemorar as vitórias
  • Expor as preocupações e sugestões 

Dica especial: Jogos para quebrar o gelo são importantes e ajudam todos a se conhecerem melhor. Gostamos de jogar “Duas verdades e uma mentira”, mas uma busca rápida no Google pode oferecer várias outras opções.

2. Proporcione uma experiência enriquecedora

Permita que seus defensores do bem-estar saibam que eles estão se voluntariando para fazer muito mais do que apenas aumentar o engajamento no seu programa de bem-estar no local de trabalho. Claro, ajudar os outros e aprender sobre a sua própria saúde e bem-estar pessoal é algo muito bom. Mas eles estão ganhando habilidades valiosas de liderança, reconhecimento da empresa, oportunidades de networking e experiência em outras áreas.

3. Coloque o reconhecimento em prática

Todo defensor gosta de ser reconhecido, mesmo que isso venha na forma de uma menção rápida em uma reunião da empresa – comemore sempre que puder! E quando fizer isso, inclua todos aqueles que participaram da vitória.

Você também pode prestar agradecimentos em boletins informativos da empresa, e-mails ou pessoalmente. O simples ato de parar e surpreender um defensor com um tapinha nas costas pode ajudar bastante, especialmente se você conseguir que um membro da sua equipe executiva faça isso.

4. Obtenha a participação da liderança para motivar a equipe

Mantenha a liderança envolvida o máximo possível. Além do networking e reconhecimento mencionados anteriormente, os gerentes podem se tornar um exemplo para todos.

A presença dos gerentes como defensores e participantes em seus próprios programas de bem-estar pode facilitar muito para que outros funcionários deem este primeiro passo e se envolvam.

5. Torne os projetos divertidos

Uma pesquisa recente nos EUA mostrou que muitos funcionários estariam abertos a participar do programa de bem-estar da empresa, mas 69% disseram que não sabiam que sua organização tinha essas iniciativas no local de trabalho. De todos os contratempos que os programas de bem-estar enfrentam, a divulgação deve ser um dos mais fáceis de resolver.

Um fato como este pode se tornar uma oportunidade. As reuniões, os eventos e os projetos do programa de bem-estar devem ser divertidos… então, torne-os tarefas divertidas para seus defensores! Apresente estas tarefas aos seus defensores do bem-estar e, em seguida, enrole as mangas e comece a trabalhar em ideias geniais, ou elabore e-mails para garantir que seu programa nunca caia nesta armadilha – que pode ser facilmente evitável.

No entanto, ao construir sua rede de defensores do bem-estar, certifique-se de que as atribuições dos defensores sejam mais parecidas com benefícios do que responsabilidades. No Gympass, acreditamos que os defensores que se sentem capacitados e recompensados resultam em funcionários que também se sentirão capacitados e recompensados. Mantenha as coisas leves (e divertidas) e breves. Deste modo, seus defensores permanecerão energizados e continuarão a ver esta função como a melhor parte de suas vidas profissionais.

Gostou dessas dicas para motivar os defensores do bem-estar na sua empresa? Quer saber mais sobre o tema? Baixe nosso último whitepaper aqui e confira!

Websérie :: Gympass e Drauzio Varella

(Visited 404 times, 1 visits today)

Comments

comments

This post is also available in: United States