O que você pode fazer para diminuir o número de faltas no trabalho da sua equipe? Às vezes pode ser difícil escolher a melhor abordagem para resolver o problema. Sabendo disso, separamos algumas dicas para te ajudar!

Mas antes de explicar os passos que você pode seguir para diminuir as faltas da equipe, é importante entender por que o absenteísmo é um problema para sua empresa.

O prejuízo causado pelas faltas no trabalho

As faltas dos colaboradores no trabalho afetam as empresas de diversas formas. Os custos com o absenteísmo influem:

  • perda de produtividade;
  • impacto sobre os custos com plano médico;
  • perda de oportunidades de fechar novos negócios.

Também é preciso considerar o impacto que isso tem sobre a moral do local de trabalho e como isso atinge o engajamento dos funcionários.

Além disso, há a pressão extra que as ausências colocam sobre todos os outros, incluindo as horas de supervisão que são gastas tentando gerenciar o problema.

Qual é a causa mais comum do absenteísmo?

Uma pesquisa do Escritório de Estatísticas Nacionais do Reino Unido elencou as principais causas de ausência por doença no local de trabalho, como:

  • Problemas de saúde mental (como estresse, depressão e ansiedade) – 17,0
  • Problemas musculoesqueléticos (como dor no pescoço) – 13,8
  • Dores no pescoço e nos membros superiores – 9.4
  • Dores nas costas – 9,2
  • Problemas gastrointestinais – 9.1

Os números representam a quantidade estimada de dias de ausência motivadas por doenças ocupacionais ao longo de um ano (em milhões).

Estatísticas bastante alarmantes, certo? Então, quais são as melhores maneiras de lidar com esse problema?

Quando você está buscando formas de reduzir as taxas de ausência, não é bom trabalhar sem uma estratégia. Então confira agora nossas dicas para reduzir o número de faltas no trabalho!

webinar_unilever_reducao_absenteismo

Como diminuir as faltas no trabalho?

1. Implemente uma Política de Gerenciamento de Faltas

 Primeiro, você precisa lidar com os números de faltas da equipe – e isso significa ter uma boa política de gerenciamento de faltas implementada. Essa política serve a três propósitos principais:

a) Prevenção

b) Proatividade

c) Provisão

a) Prevenção

O elemento mais crítico da sua política de gerenciamento de faltas no trabalho é a prevenção. Isso pode incluir encorajar sua equipe a fazer pausas regulares fora de suas mesas, ter esquemas incentivando a ida de bicicleta até o trabalho, incentivar a alimentação saudável e promover dias de conscientização de saúde.

A política também deve analisar os tipos de benefícios para a equipe que você pode implementar a fim de apoiar seus esforços.

b) Proatividade

Olhe para os registros de faltas e procure padrões. Há alguma outra questão se somando ao problema? A equipe precisa, por exemplo, de mais pausas de descanso ou mesas mais baixas? Sentem muitas dores musculoesqueléticas? Se dores nas costas e no pescoço são uma característica recorrente, descubra o que está causando isso.

Se o estresse é muito comum, pense em maneiras de reduzi-lo. Você pode compartilhar a carga de trabalho ou reavaliar os prazos que estão em vigor, certificando-se sempre de que o que você está pedindo aos seus funcionários é realista.

c) Provisão

Quando as faltas dos funcionários são inevitáveis, é importante minimizar o impacto sobre os outros. Isso significa que um plano de contingência deve ser elaborado.

É igualmente importante que a equipe de recursos humanos esteja totalmente equipada para lidar com a faltas da equipe através de treinamento regular e é essencial que, quando o colaborador voltar ao trabalho, receba apoio e motivação.

2 . Descubra o que está indo errado

Muitas empresas se limitam a registrar as falta no trabalho sem olhar para a raiz do problema. Além de doenças físicas, há outros fatores a serem levados em conta e que podem estar causando as ausências dos funcionários.

O bullying no local de trabalho e o baixo engajamento, por exemplo, também costumam impactar o número de faltas.

Outros motivos incluem:

  • Evolvimento com drogas ou álcool
  • Tédio no ambiente de trabalho
  • Problemas familiares

Você pode enfrentar algumas dessas questões de frente, mas outras são mais difíceis de abordar. Uma boa comunicação é fundamental para apoiar sua equipe diante de quaisquer problemas que possam ter.

3. Reduza o estresse no local de trabalho

Existem muitas maneiras de reduzir o estresse no local de trabalho, incluindo melhorar as linhas de comunicação entre funcionários e líderes e o treinamento especializado para ajudar os gerentes a identificar os sinais de alerta que os colaboradores dão quando algo está errado.

Em termos práticos, incentivar a saúde no local de trabalho pode reduzir drasticamente o estresse. Quando os trabalhadores sabem que seu empregador se preocupa com seu bem-estar, isso pode mudar a dinâmica existente.

Movimentos como a introdução de alimentos saudáveis ​​na cantina e nas máquinas de venda automática, incentivo da participação em esportes e até mesmo oferecimento de adesão à academia para os funcionários, são fatores que podem ajudar a transformar a cultura no local de trabalho e as pessoas que ali atuam.

Se o estresse é endêmico em sua organização, você também pode pensar em dar apoio à sua equipe com programas de aconselhamento no local de trabalho.

4. Melhorando a Moral da Equipe

Garantir que a equipe esteja com uma moral em alta pode trazer benefícios reais para toda a empresa, como:

  • Redução do absenteísmo
  • Melhoria da produtividade
  • Aumento do engajamento

O que a equipe quer é reconhecimento. Na verdade, isso é tão importante para os trabalhadores quanto qualquer recompensa financeira.

Se você não tem o orçamento necessário para um “grande plano de benefícios”, existem outras maneiras, simples e livres de custos, de mostrar aos seus funcionários que eles são valorizados. Por exemplo, quando eles ficam até mais tarde ​​no escritório, ofereça-lhes tempo livre em contrapartida.

Outra sugestão é encontrar maneiras de recompensar colaboradores que alcançam metas de vendas ou outros objetivos – ofereça-lhes almoços saudáveis gratuitos.

5. Melhore o ambiente de trabalho

Observe a cultura do seu local de trabalho e reflita: você está incentivando sua equipe ativamente, fazendo com que eles se sintam valorizados e ajudando-os a serem produtivos?

Mesmo coisas pequenas, como abrir espaços onde a equipe possa ter uma pausa e conversar, podem transformar o ambiente de trabalho. E a comunicação encorajadora é uma boa opção.

Um local de trabalho feliz é um local de trabalho saudável. Você pode chegar longe na redução do absenteísmo assegurando-se de que a equipe se sinta saudável e feliz no trabalho.

Quando você fornece aos seus funcionários um ambiente que os ajuda a crescer profissionalmente e pessoalmente recebe como resultado a redução natural das faltas de sua equipe.

Oferecer benefícios para a equipe, como adesão subsidiada à academia ou trabalho flexível, provavelmente custa menos do que você imagina quando você o leva contra os custos do absenteísmo.

Faça como empresas em todo o mundo e adote o Gympass ao seu programa de qualidade de vida para manter seus funcionários felizes, produtivos e presentes!

webinar_unilever_reducao_absenteismo

(Visited 178 times, 1 visits today)

Comments

comments

This post is also available in: América Latina (MX, CL, AR) Deutschland España France Italia Nederland United Kingdom United States