Identificar e controlar o absenteísmo nas empresas é o grande desafio dos gestores de pessoas nos dias atuais. Assim, eles se dedicam cada vez mais para manter a motivação das suas equipes. E tal investimento de tempo é justificado pelo impacto que a motivação tem nos resultados da organização, seja em produtividade, turnover, clima organizacional ou controle do absenteísmo.

Aliás, este último indicador, em especial, precisa ter muita atenção das empresas, pois sua causa pode se dar diante de diversos fatores. Assim, a organização que não conseguir entender as causas certamente terá os demais indicadores afetados.

Então, se os seus funcionários faltam frequentemente e você ainda não conseguiu resolver este problema, não se preocupe! Listamos neste post as melhores estratégias para diminuir o absenteísmo nas empresas. Continue lendo!

1. Mantenha um bom clima organizacional

De fato, se a sua empresa não oferece um clima saudável para seus colaboradores, manter a produtividade, reter talentos e diminuir o absenteísmo se torna praticamente impossível.

Funcionários que não se sentem bem onde trabalham e que têm dificuldades de relacionamento por causa de uma má gestão de pessoas não conseguem se doar como deveriam, e acabam faltando com frequência para evitar os conflitos.

Logo, para oferecer um ambiente favorável ao crescimento e que motive a equipe a alcançar bons resultados, é importante realizar pesquisas de clima regularmente. Elas permitem a identificação das oportunidades na visão dos colaboradores e a elaboração de planos de ação para resolver os problemas.

2. Garanta que a comunicação seja eficiente

Uma comunicação ineficiente pode causa problemas de relacionamento entre toda a equipe. Afinal, junto com a falta de informações, surgem ruídos (fofocas, especulações, informações incompletas).

E, quando esses ruídos aparecerem, a equipe se sente desmotivada e evita estar presente na empresa por meio de faltas, atrasos ou até mesmo desligamentos.

No ambiente organizacional, a comunicação engloba o diálogo presencial entre colegas e também demais veículos: e-mail, reunião, telefone, tv corporativa etc. Assim, para ter uma comunicação eficiente, é necessário entender o perfil dos colaboradores e descobrir qual ferramenta é a mais adequada para a equipe.

3. Ofereça um plano de carreira para combater o absenteísmo nas empresas

Para os funcionários que buscam o desenvolvimento da carreira e o sucesso profissional, o plano de carreira oferecido pela empresa possui muito valor.

Se uma pessoa entende que a organização não é a adequada para atingir esse objetivo ou que não possui um programa de desenvolvimento concreto, com certeza ela optará pelo desligamento dessa empresa. Porém, esse desligamento dificilmente acontece de uma hora para outra.

Alguns sinais, como atrasos, queda de produtividade, faltas, desmotivação, mau relacionamento com os colegas e insubordinação são comuns em situações como essa.

Então, o plano de carreira deve ser feito pelos gestores com a finalidade de buscar um equilíbrio entre interesse do profissional e da empresa.

A partir do momento em que as expectativas do funcionário são mapeadas, o gerente consegue estabelecer metas e criar um plano de desenvolvimento compatível com o objetivo do profissional e da organização.

4. Invista em feedbacks constantes

Assim como oferecer um plano de carreira ajuda na retenção de colaboradores e na redução do índice de absenteísmo nas empresas, os feedbacks também auxiliam na gestão de pessoas.

E, para ser possível mensurar o desenvolvimento individual e corrigir os pontos negativos, o retorno sobre o desempenho de um profissional deve ser realizado constantemente.

Essa prática gera valor para a empresa na visão do funcionário, pois demonstra comprometimento com os resultados, empenho no desenvolvimento da equipe e reconhecimento pelas metas alcançadas.

Além disso, o acompanhamento feito de perto pelos gestores reduz consideravelmente o absenteísmo, e reforça a importância do comprometimento de todos para o crescimento da organização.

5. Estabeleça políticas de reconhecimento

A falta de reconhecimento é outro dos principais fatores que levam um profissional a ficar desmotivado, produzir menos e com menor qualidade e faltar no serviço.

Afinal, a maior parte das pessoas sente a necessidade de ser reconhecida quando conquista algo. Quando esse retorno não vem, é comum encontrar reações negativas. E, no âmbito organizacional, o absenteísmo pode ser apontado como uma dessas reações.

Portanto, visando a motivação da equipe, é importante que sejam desenvolvidas políticas de reconhecimento voltadas para as necessidades e a percepção de valores dos funcionários. Ou seja, cada organização encontrará uma maneira diferente de elaborar essa política.

As mais comuns são:

  • Bonificação sobre meta batida
  • Day off
  • Viagens
  • Promoções

6. Promova a qualidade de vida

Sabemos que muitos gestores entendem o investimento na qualidade de vida dos funcionários como só mais um gasto. Contudo, ele vai muito além do que isso.

Tanto no ambiente de trabalho quanto na parte pessoal, a qualidade de vida de um profissional permite uma vida mais saudável, com menos doenças, menos estresse e mais disposição para suas atividades.

Dessa forma, promover palestras voltadas para o bem-estar, incentivar a prática de esportes, a alimentação saudável e demais atitudes são formas de melhorar a saúde dos funcionários. E, consequentemente, diminuir o número de atestados médicos.

Nesse sentido, uma boa dica para alinhar a promoção da qualidade de vida com as políticas de incentivo é oferecer um benefício de atividade física e criar gincanas voltadas para incentivar o cuidado com a saúde, por exemplo.

7. Realize treinamentos e analise a ergonomia

O acidente ocupacional também é uma causa recorrente dos altos índices de absenteísmo nas empresas.

Para resolver esta situação, o ideal é a realização de treinamentos constantes, seja por conta de novos procedimentos ou por reciclagem, para garantir que a equipe esteja alinhada com os padrões de segurança.

Outra causa comum são as doenças causadas por esforço repetitivo, que podem também ser evitadas por meio de estudo ergonômico bem feito.

8. Crie metas individuais

Por fim, a última estratégia para a redução do absenteísmo nas empresas é a criação de metas. Ao se definir individualmente os objetivos de cada colaborador, cria-se uma responsabilidade em toda a equipe.

Primeiro, porque o funcionário vai entender o quanto sua ausência poderá interferir nos resultados do grupo e da empresa. Segundo, porque o profissional terá objetivos para cumprir se quiser manter-se no emprego.

E aí, gostou do post? Então, agora que você conhece as melhores estratégias para diminuir o absenteísmo nas empresas, aproveite para nos seguir no LinkedIn para ficar por dentro deste e de outros assuntos!

tendencias_globais_de_saude_e_bem_estar

Aumentar produtividade equipe (banner oferta)

(Visited 5.988 times, 24 visits today)

Comments

comments