Os gastos com saúde ficam em segundo lugar na lista de despesas das empresas, perdendo apenas para a folha de pagamento. Além disso, cada vez mais, o brasileiro está envelhecendo mal, com diabetes, pressão alta e problemas na coluna, por exemplo. Pensando neste cenário, o Gympass convidou o Dr. Drauzio Varella para participar do CONARH 2017 e falar sobre a importância de investir na saúde do colaborador.

Durante o primeiro dia do evento, Drauzio ministrou uma palestra gratuita no Espaço Arena. Na ocasião, o público que visitava a feira de exposição pôde vê-lo falar sobre o tema “Saúde que dá lucro”.

saúde do colaborador

Logo no início da palestra, ele comentou como as pessoas evitam ao máximo fazer atividade física, mesmo o corpo humano sendo, nas palavras dele, uma “máquina feita para o movimento”. “É a lei do menor esforço o tempo inteiro”, explicou Drauzio. Ele também ressaltou como a vida sedentária faz mal e que o envelhecimento não deve ser automaticamente relacionado ao adoecimento, pois é possível envelhecer bem e com saúde se a pessoa se cuidar e começar desde cedo a fazer exercício. Caso contrário, ela pagará um preço alto no futuro.

Inclusive, mais da metade da população brasileira adulta está acima do peso. Segundo uma publicação do IBGE, a população idosa irá triplicar até 2050. As gerações atuais viverão muito mais e é preciso que tenham uma vida ativa por mais tempo. De acordo com Drauzio, as empresas têm um papel significativo nisso e é importante que incentivem seus funcionários a buscarem um estilo de vida mais saudável.

Afinal, muitas pessoas passam mais tempo no trabalho do que em casa. Além disso, em alguns casos, o ambiente profissional pode se tornar uma grande fonte de estresse e até afetar a saúde do colaborador. A atividade física pode ajudar a reverter esse quadro.

Ao investir em prevenção, as empresas reduzem custos com saúde. E não estamos falando apenas de saúde física: colaboradores que sofrem de transtornos como a ansiedade também podem sentir os benefícios de uma vida mais ativa. “A atividade física é o melhor antidepressivo”, comentou Drauzio.

A saúde mental também precisa ser levada em consideração: segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2020, a depressão será a principal causa de absenteísmo no trabalho.

O que as empresas podem ganhar ao investirem na saúde do colaborador

Após a palestra no Espaço Arena, Drauzio participou de um bate-papo exclusivo para convidados na Sala Influência e Ação, junto com Sofia Esteves, Fundadora do Grupo DMRH, e Marco Crespo, nosso Country Manager. Durante o encontro, mediado pela Sofia Esteves, eles falaram sobre como o investimento em programas de qualidade de vida pode trazer retorno financeiro para as empresas, além de abordarem a questão do sedentarismo no ambiente de trabalho e por que as organizações precisam se atentar a isso.

saúde do colaborador

Quando questionado a respeito dos custos altos com plano de saúde, questão muito recorrente no mundo corporativo, Marco foi direto ao ponto ao declarar que, se isso não for contido, em algum momento todo o sistema irá quebrar. Seguindo essa linha de pensamento, Drauzio complementou ao apontar como a atividade física é necessária para uma vida equilibrada. “Manter a saúde levando uma vida sedentária é impossível”, afirmou.

saúde do colaborador

Diante disso, fica evidente o papel das empresas de incentivar a prática de atividade física e a adoção de um estilo de vida mais saudável entre seus colaboradores. “O fato de você saber que determinado estilo de vida é importante, não quer dizer que você vai adotá-lo”, argumentou Drauzio. Para Marco, o desafio está em descobrir o que motiva os colaboradores, para que eles realmente mudem seus hábitos de forma positiva. O que faz a diferença é um departamento de RH comprometido com os programas de qualidade de vida e que se proponha a conscientizar e incentivar toda a equipe.

saúde do colaborador

Baseando-se em sua experiência com a campanha antitabagismo, Drauzio explicou que é possível mudar a maneira como as pessoas encaram certos hábitos, basta detectar e mostrar o problema, indicando como resolvê-lo. “As pessoas respondem quando a informação é clara e didática”, contou.

A empresa só tem a ganhar ao investir na saúde do colaborador, pois um profissional que possui uma vida equilibrada é fisicamente mais disposto, utiliza bem menos o plano de saúde e falta menos ao trabalho. Inclusive, Marco citou o case de sucesso do Grupo Fleury, que teve um retorno muito positivo ao investir em atividade física. Os colaboradores que aderiram e utilizavam o Gympass apresentaram uma redução de 22% nos custos com saúde.

Ficou interessado pelo tema e quer saber mais sobre quais estratégias adotar para promover qualidade de vida para a equipe? Clique aqui e entenda como o Gympass Corporate pode melhorar a saúde do colaborador e trazer sucesso para a sua empresa.

Aumentar produtividade equipe (banner oferta)

(Visited 165 times, 1 visits today)

Comments

comments