Como melhorar a qualidade de vida dos seus colaboradores e reduzir gastos com saúde?

Oferecer assistência médica para os colaboradores de uma empresa tem se tornado um desafio cada vez maior e não é só porque estamos em meio a uma forte crise econômica em nosso país, mas também porque a sinistralidade é a principal responsável por aumentar os gastos com saúde. Segunda maior despesa da área de RH, ficando atrás apenas da folha de pagamento, o plano de saúde corporativo vem sofrendo fortes aumentos anualmente, e entra para a lista das maiores preocupações dos gestores de RH de empresas.

A inflação dos custos médicos e hospitalares, por si só, já é bem mais alta do que a inflação média do país, o que torna essa cobrança bastante onerosa. Entretanto, a sinistralidade é o maior vilão, uma vez que se o contrato der prejuízo, o pool de empresas contratantes paga a diferença. Além disso, a avaliação desse indicador é uma importante ferramenta para analisar o perfil dos seus funcionários, revelar irregularidades e evidenciar taxas altas de absenteísmo, assunto que trarei mais detalhes em outro artigo.

Tendo em vista o alto impacto que esse indicador traz para empresas de todos os setores, desenvolvemos no Gympass uma pesquisa para traçar um paralelo entre os usuários que utilizam o nosso benefício e seus gastos com saúde. Nas quatro empresas analisadas, de diferentes setores e perfis, notou-se uma diminuição entre 18% e 34% na sinistralidade médica. Ou seja, prevenir é mesmo melhor do que remediar ao falarmos de saúde corporativa, e o incentivo à prática de atividade física, pode sim, estar relacionado à diminuição de custos com saúde de uma companhia. Uma empresa do setor de tecnologia, por exemplo, que possui 2.500 colaboradores, obteve uma menor utilização do plano de saúde aplicando uma política de benefícios focada em bem-estar.

Apesar de tudo, o plano de saúde é um benefício quase mandatório hoje em dia. Precisamos, equilibrar essa equação. Se a prática de atividade física passar a ser estimulada, facilitada, e se fizer parte da cultura da corporação, o custo médico por colaborador sofrerá uma diminuição notável. Exercitar-se e encontrar prazer em algo fora do ambiente corporativo não só melhora a saúde e diminui gastos com saúde, mas estimula a sociabilidade, traz bem-estar e uma sensação muito grande de pertencimento. Lembre-se disso: preocupar-se com a saúde de seus colaboradores é fundamental também para garantir a saúde do seu negócio mesmo em tempos de crise, pois impacta diretamente a lucratividade da empresa.

Marco Crespo lidera a operação do Gympass para a América Latina. Ele acredita que a empresa é uma das poucas que já nasceram com um propósito: mudar a vida das pessoas e dar opções reais para que elas tenham uma vida mais saudável. Formado em Engenharia Elétrica pela UNICAMP e com MBA pela Harvard Business School, Marco possui mais de 10 anos de experiência como executivo, com passagens em empresas como BCG, P&G e Instituto Ayrton Senna.


reduzir_custos_comsaude_sinistralidade_absenteismo

Comments

comments