Para que uma planta cresça forte e saudável é preciso apenas regá-la, certo? Embora a rega seja importante, se a planta for privada da luz solar e de um solo rico em nutrientes, logo irá desvanecer. Algo parecido acontece na gestão de pessoas em uma empresa.

Embora a remuneração financeira seja algo muito importante para a motivação de um colaborador, isso não é tudo.  Sem um investimento correto na equipe, a empresa pode perder grandes talentos.

Pensando nisso, gestores de recursos humanos que possuem visão apurada em administração de pessoas desejam implantar uma cultura motivadora em suas companhias por meio da concessão de benefícios que vão além do salário mensal dos colaboradores. Mas, às vezes, esbarram na pouca vontade da alta administração em aderir a essa ideia.

O que um gestor de RH pode fazer para convencer o seu CEO da importância de investir em uma eficiente gestão de pessoas? A seguir listaremos algumas sugestões para você ter sucesso nesse processo. Vamos a elas?

1. Apresente relatórios de ROI

Nada é mais convincente do que apresentar provas para seus argumentos. No ambiente empresarial, essa ação significa exibir relatórios para seu superior, mas que informações estarão nestes documentos?

Uma delas é o ROI – Retorno Sobre o Investimento. Como falamos neste post, o ROI é uma ferramenta que possibilita que a empresa saiba se ganhou ou perdeu dinheiro ao fazer determinado investimento, como, por exemplo, realizar um treinamento para capacitar seus profissionais.

Não à toa essa é uma ferramenta obrigatória para qualquer gestor de RH.

A produtividade dos colaboradores está baixa? Há um aumento de custos relacionados à saúde ocupacional dos trabalhadores? Então, essas evidências claras podem convencer seu CEO, mas talvez não seja suficiente.

Pode ser preciso dar uma perspectiva futura de como esses indicadores podem melhorarse a empresa adotar uma forma diferente de gerenciar pessoas. Como fazer isso? Apresente uma previsão do ROI que espera obter com esse investimento em gestão de pessoas.

Como o ROI mostra quanto a empresa pode ganhar ou perder com um investimento, você terá um fundamento poderoso para apresentar.

Para reforçar suas alegações, será preciso recorrer a pesquisas sobre os benefícios que empresas de sucesso obtiveram com o investimento correto em seus colaboradores. Esse assunto nos leva ao próximo passo.

2. Use pesquisas que reforcem seus argumentos

Se desejar que seu superior perceba a força de suas alegações mostre como o mundo empresarial está sendo bem-sucedido com as práticas que você tenciona implantar nos recursos humanos.

Uma fonte de excelentes exemplos é o ranking célebre da GPTW – Great Place to Work – que apresenta as instituições mais cobiçadas do mundo pelos profissionais. Nesta lista são encontradas empresas como a Google, Dell EMC, Accor e outras, que são verdadeiros exemplos de sucesso na gestão de pessoas.

Estude minuciosamente esses casos, descubra que ações essas companhias tomaram para motivar colaboradores e reter talentos, chegando assim ao topo do mundo corporativo. Ressalte os números que tais instituições conseguiram alcançar com sua boa gestão de pessoas.

Lembre-se: nada nos inspira mais a realizar algo do que observar que outros estão tendo êxito nisso. Sendo assim, ao incluir esses casos de sucesso em seus argumentos será mais fácil convencer seu CEO a seguir as mesmas práticas dessas empresas.

Depois de apresentar os relatórios de ROI e endossar suas alegações com pesquisas de peso, chegou a hora de mostrar na prática alguns dos benefícios que sua empresa terá com o aumento do investimento em gestão de pessoas. Então, vamos avançar para o próximo tópico.

3. Destaque os benefícios desse investimento para a empresa

Seu superior já entendeu como esse investimento aumenta o ROI e como outras empresas estão obtendo sucesso nesta prática, mas será que ele já percebeu o impacto que esse processo irá ter em sua companhia? Então, neste momento é importante direcionar o foco para sua empresa.

Quais são os desafios que o setor de recursos humanos está enfrentando na gestão de pessoas? Baixa produtividade, aumento do turnover e falta de engajamento? Ninguém melhor do que um gestor de RH para apontar esses problemas para o CEO.

Dessa forma, seja bem realista com seu superior. Mostre os últimos gráficos de produtividade da equipe, se o turnover da empresa aumentou e os principais pontos levantados na pesquisa de satisfação dos funcionários em relação à companhia.

Dê exemplos de grandes profissionais que a empresa perdeu nos últimos meses e os motivos alegados por eles para deixar a organização (ex.: encontraram um ambiente mais motivador para trabalhar em outra companhia). Demonstre o impacto financeiro que essa rotatividade de colaboradores tem sobre a instituição.

E, por fim, mostre claramente aonde a empresa pode chegar se mudar de atitude e investir corretamente na gestão de pessoas. Diante desses argumentos, é possível que o CEO passe a concordar com seu ponto de vista e queira imediatamente montar uma estratégia para implantar esse projeto na empresa.

Mas em que práticas a empresa deve investir para melhorar a gestão de pessoas e assim motivar os colaboradores? Leia o próximo tópico.

4. Mostre como a empresa pode investir em gestão de pessoas

Um gestor eficiente de RH estará preparado para apresentar ao CEO o modelo de investimento adequado para a empresa. Que práticas a companhia irá adotar? Depende da necessidade mais urgente entre os colaboradores.

Para descobrir, converse com os trabalhadores da instituição. Pergunte a eles que tipo de ambiente empresarial os motiva a dar o seu melhor. Seria mais treinamento, aumento de benefícios, maior reconhecimento de seu trabalho na empresa ou a implantação de uma política de carreira bem definida?

Após ouvir atentamente seus colaboradores e conhecer suas dores, você terá condições de definir uma estratégia eficaz para atender a esses pedidos. Mas que soluções você adotará? Novamente busque saber o que outras empresas estão fazendo e tente trazê-las para a realidade de sua instituição.

Algumas empresas, por exemplo, concedem alguns benefícios para seus colaboradores como: home office, horários de trabalho flexíveis, incentivo à atividade física, educação contínua, remuneração extra por bom desempenho, investimentos na saúde, maior comunicação interna, etc.

Os modelos de sucesso são muitos, analise qual será o melhor para a instituição e apresenta ao seu CEO. Ao notar que você já possui uma estratégia bem definida, o seu superior sentirá confiança em seu projeto e poderá ganhar seu respeito e admiração.

No fim, o que todo gestor de RH deseja é ver seu ambiente empresarial bem estruturado e gerando os melhores resultados possíveis para o negócio. Sendo assim, como foi abordado em nosso artigo, nada é mais importante do que investir nos colaboradores para a empresa alcançar o sucesso, pois são eles que movem toda a instituição.

Após ler este artigo, você acha possível convencer seu CEO a investir em gestão de pessoas? Conte para gente nos comentários como foi 🙂

Aproveite e conheça 6 dicas para ter uma gestão de pessoas mais eficiente em nosso post.

tendencias_globais_de_saude_e_bem_estar

Aumentar produtividade equipe (banner oferta)

(Visited 238 times, 1 visits today)

Comments

comments