Encontrar os melhores talentos para a sua empresa é um processo complexo, mas reter os talentos é um desafio ainda maior. Hoje em dia, o modo de garantir que os melhores profissionais permaneçam na sua empresa é saber quais são e como evitar os maiores erros de gestão de pessoas nas organizações.

Muitos líderes empresariais caem na armadilha de acreditar que formar o “time perfeito” é o suficiente. O ponto está justamente em como reter essa equipe.

Confira abaixo dicas para melhorar suas habilidades de liderança por meio de um gerenciamento proativo e como saiba como evitar os 8 principais erros que levam à alta rotatividade de colaboradores nas empresas.

Principais erros de gestão de pessoas nas organizações:

1) Supor que os colaboradores nunca vão sair da empresa

Um dos piores erros de gestão de pessoas nas organizações é acreditar que seus melhores talentos desejam permanecer eternamente em sua empresa. A Forbes observa um componente importante às vezes esquecido pelos líderes das empresa:

“Funcionários que são desafiados, envolvidos, valorizados e recompensados (emocionalmente, intelectualmente e financeiramente) raramente saem.”

Uma razão fundamental pela qual os funcionários talentosos deixam as empresas é o fato de os supervisores não conseguirem desafiá-los ou envolvê-los. Você precisa desenvolver as habilidades da equipe para fazê-los sentir que são valiosos em todos os projetos do negócio.

2) Longos Processos de Contratação

Quão demorado é o seu processo de contratação atualmente? Os candidatos costumam gostar de processos diretos e objetivos. Prolongar a entrevista com passos desnecessários só causará impaciência e incentivará os candidatos a procurar oportunidades em outro lugar

3) Contratar os candidatos errados

Não deixe que a urgência de preencher as vagas de emprego abertas em sua empresa te leve a tomar decisões precipitadas e acabar contratando as pessoas erradas. Esse é um dos erros mais graves – e comuns – cometidos por membros do RH .

Ao analisar um currículo é preciso ter cautela e investigar a veracidade de todas as informações apresentadas pelo candidato.

Incentive seus entrevistadores a se concentrarem em informações tangíveis, como relatos dos candidatos sobre suas habilidades relevantes e sucessos anteriores. Certifique-se de que sua equipe está fazendo tudo criteriosamente.

Os recursos digitais que estão à disposição tornam a checagem de informações muito mais fácil e a gestão de pessoas nas organizações mais segura.

4) Falta de treinamento e desenvolvimento

Contratar os melhores colaboradores não é o suficiente. Após a contratação você deve investir no desenvolvimento profissional de sua equipe. Criar um bom plano de treinamento e desenvolvimento, supervisionado a equipe e auxiliando como for necessário, fomentará uma cultura de aprendizado e crescimento.

Colaboradores que não têm oportunidade de crescimento dentro de sua empresa – não apenas alçar novos cargos, mas adquirir novos aprendizados e conhecimentos – podem se sentir desmotivados e procurar novos desafios em seus concorrentes.

Dedicar algum tempo para orientar e treinar seus funcionários requer comprometimento, mas  esforço vale a pena: uma equipe bem desenvolvida indica uma boa gestão de pessoas nas organizações. 

5) Falhas de comunicação

Uma comunicação eficaz é fundamental. Uma das boas práticas de gestão de pessoas nas organizações é entrar em contato com antecedência e com frequência para garantir que os líderes da empresa estejam alinhados. Falhar na comunicação pode fazer com que informações erradas se espalhem pela empresa, o que pode acarretar em todo tipo de problemas.

Organize reuniões individuais com os funcionários para construir um relacionamento sólido com eles e fomentar a confiança. Ouvir as preocupações dos seus colaboradores não deve ficar a cargo somente do departamento de RH.

6) Não reconhecer quando fazem um bom trabalho

Seus melhores talentos trabalharão arduamente para trazer seus melhores conhecimentos para os projetos da empresa. Mais do que benefícios ou altos salários, seus colaboradores desejam que o trabalho que fazem seja valorizado. 

Os trabalhadores de hoje, especialmente da geração dos millennials, querem mais do que dinheiro. Eles desejam ser reconhecidos por um trabalho bem feito. Fornecer esse feedback ajuda a manter a equipe motivada para alcançar seus objetivos.

Reconhecer e recompensar um bom serviço prestado é um grande passo em direção ao desenvolvimento de uma equipe saudável e proativa.

7) Criar metas impossíveis de atingir

Criar metas específicas, mensuráveis, atingíveis, realistas e temporais (SMART) é fundamental para melhorar a gestão de pessoas nas organizações. Os colaboradores querem ter objetivos claros, e não ambíguos ou mal definidos.

A criação de KPIs anuais ou semestrais é uma ótima maneira de ajudar você a manter seus trabalhadores na direção certa. Aprender a alinhar as metas individuais com as metas gerais da empresa é importante para que todos colaborem no crescimento da corporação.

8) Não confiar na sua equipe

É necessário promover uma cultura de confiança com sua equipe. Estimular os funcionários a assumir a responsabilidade por seu trabalho dá a eles a oportunidade de crescer e aprender, além de aumentar seu engajamento e motivação.

Sabendo identificar, retificar e evitar esses erros, certamente você trará melhorias para sua empresa. Caso deseje conhecer mais dicas e estratégias para retenção de talentos, leia nosso ebook:

ebook_desvendando_a_retencao_de_talentos

(Visited 512 times, 1 visits today)

Comments

comments

This post is also available in: España France Italia Nederland United States