Estudos provaram que os funcionários dão cada vez mais importância aos benefícios oferecidos a eles por suas empresas. Um estudo da Willis Tower Watson descobriu que 78% dos funcionários têm mais probabilidade de ficar em uma empresa com base no pacote de benefícios oferecido.

Outros 40% dos indivíduos de um estudo de Rogers Gray disseram que sua lealdade à empresa atual provavelmente aumentaria se recebessem benefícios personalizados, adaptados às suas necessidades específicas. E, olhando para o futuro, mais de 50% dos funcionários envolvidos em uma pesquisa da MetLife acreditam que esses benefícios serão ainda mais importantes nos próximos três a cinco anos

Portanto, considerando todos os fatores, não é de se admirar que seja importante reavaliar continuamente as ofertas. Mas como saber quando é a hora de fazer uma mudança? Fique atento aos sinais de alerta listados abaixose algum soar familiar, é provável que seja hora de fazer algumas atualizações em suas ofertas. 

 

É hora de atualizar seu plano de benefícios?

Você não atrai mais talentos

Uma vaga está desocupada há meses, talvez seja devido à falta de candidatos ou por atrair o tipo errado de funcionários em potencial. Ou, ao contrário, você recebe numerosas candidaturas, mas nenhum dos candidatos se interessam após receberem uma oferta.

Em primeiro lugar, avalie a descrição do cargo para garantir que ela descreva com precisão o perfil desejado do candidato e as habilidades necessárias. Em seguida, alinhe o salário associado aos padrões do setor. Se, após essas duas etapas, você achar que está tudo certo, talvez seja seu plano de benefícios a causa do problema.

Um estudo de 2015 da Glassdoor descobriu que 60% dos candidatos entrevistados indicaram que os benefícios de bem-estar eram um dos principais fatores que influenciavam a decisão de aceitar ou não a oferta de emprego. Os candidatos em potencial frequentemente recusarão uma oportunidade de emprego porque o cargo em questão não oferece os benefícios que eles buscavam, incluindo plano de saúde, férias remuneradas e aposentadoria. 

Seus funcionários atuais não aderem aos benefícios

Não é segredo que investir em benefícios para os funcionários é algo caro. No entanto, se os seus funcionários não aderirem às suas ofertas atuais, provavelmente gastaria muito mais do que se fizesse algumas atualizações.

Para começar, é necessário considerar os custos de retenção:substituir um funcionário que decide sair pode custar de 50% a 400% do seu salário atual. Além disso, os fundos investidos na manutenção de pacotes de benefícios que não estão sendo usados inevitavelmente tornam-se despesas inúteis. 

Primeiramente, crie um registro que descreva o número total de funcionários que aderiram aos benefícios da empresa. Em seguida, divida ainda mais esses dados para determinar quais benefícios estão sendo usados.

Após descobrir quais benefícios não estão sendo utilizados, você pode começar a identificar as áreas que precisam de melhorias. Para benefícios com baixas taxas de adesão, considere a possibilidade de mudar para algo mais interessante.

Avaliações online ruins

Os benefícios dos funcionários são um dos fatores mais comumente discutidos nas análises da empresa. E, infelizmente, se as suas ofertas atuais não estiverem agradando muito aos seus funcionários, isso pode ser prejudicial. Avaliações negativas online em sites como o Glassdoor® ou Even® impactam seus negócios de várias maneiras. Para começar, um estudo recente descobriu que as avaliações ruins dos funcionários atuais podem fazer com que mais de 57% dos candidatos evitem se candidatar a uma posição.

Esses tipos de classificações também podem afetar sua capacidade de garantir parcerias de negócios, pois os clientes em potencial podem estar menos interessados em se associar a uma empresa que não parece ter um forte apoio interno. 

Em primeiro lugar, crie um relatório de frases ou palavras-chave comumente usadas nos seus comentários negativos. Se você achar que frases como “bem-estar do funcionário”, “benefícios”, “cultura”, “recursos” ou “apoio” surgem com frequência, pode ser hora de reavaliar suas ofertas para melhorar a visão interna da empresa. 

Como o Gympass pode ajudar

Se você quiser atrair novos talentos, reter os funcionários atuais ou reforçar a marca da sua empresa, os benefícios de bem-estar oferecidos pelo Gympass são o que você precisa. Criamos programas de associação divididos em diferentes níveis, para que você possa selecionar o plano ideal de acordo com o tamanho e as metas da sua empresa. Com acesso a mais de 55 mil parceiros de fitness, recursos de saúde mental e aulas virtuais, tenha certeza que seu investimento valerá a pena. Visite o nosso site corporativo agora para saber mais sobre como os benefícios oferecidos aos funcionários afetam sua empresa.